top of page

Tecendo o Futuro: Escolhendo as Sementes da Vida

A vida, como uma estrada de mão dupla, nos lembra constantemente que nossas ações têm consequências, e que o futuro é a colheita dos frutos que semeamos. Parece um princípio simples, quase clichê, mas é a essência que guia minhas escolhas. Cuidadosamente, seleciono as sementes que planto, ciente de que cada uma delas moldará meu destino.


Como uma observadora atenta, não posso deixar de notar indivíduos que se consideram astutos, prontos para mentir, enganar ou explorar outros sem hesitação. No entanto, quando as consequências de suas ações se manifestam, muitos juram inocência, e sao incapazes de aceitar que estão colhendo o que plantaram. Reflita, será que você realmente não merece? Suas ações falam por si só.


Recuso-me a fazer parte desse ciclo de preguiça e esperteza passageira. Opto por uma vida digna e honrada, baseada no trabalho árduo e na integridade. Não busco prejudicar o próximo intencionalmente, pois sei que os espertos sempre acabam se prejudicando: é o aumento de salário que não vem, os projetos pessoais estagnados, a constante falta de dinheiro - estes são apenas indícios sutis de que a vida nos cobra por nossas escolhas.


Não atribuo o sucesso alheio à sorte, mas sim à dedicação, entrega e fé. Me orgulho de fazer parte do time das pessoas decentes e honestas, e que semeiam amor em vez de discórdia. Opto por reclamar menos e agir mais, pois sei que a verdadeira mudança começa dentro de mim.

Portanto, escolha suas sementes com sabedoria. Não semeie a discórdia nem a malícia. Plante amor, ética e respeito. Assuma a responsabilidade por suas ações e esteja preparado para colher os frutos, pois a vida sempre nos reserva aquilo que verdadeiramente merecemos.


Beijos, Cris!

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Abusadores não nos silenciarão

Em um mundo onde o poder muitas vezes se confunde com a capacidade de subjugar, alguns homens assumem o papel de abusadores, não apenas perpetrando o mal, mas também se permitindo ocupar o lugar da ví

Comments


Cristina R. Arango

Transforme desafios em oportunidades

bottom of page